segunda-feira, 1 de março de 2010

Conversa com o espelho:

- as pessoas deveriam escolher a quem amar, ne? ... Ei, to falando com você!
- comigo?
- lógico! com quem mais seria, idiota?
- mas eu sou você.
- eu sei disso, mas você ainda não me respondeu!
- desculpa. Qual era a pergunta mesmo?
- as pessoas deveriam escolher a quem amar, né?
- talvez!
- se você sou eu, você deveria concordar comigo.
- eu sei, mas eu não concordo.
- como não? Você sou eu!
- olhe pra mim...
- mas eu estou olhando.
- olhe nos meus olhos, e me diga o que você vê.
- eu vejo você.
- mas eu sou você.
- eu sei, mas é como se não fosse, entende? É como se o espelho estivesse mentindo pra mim.
- exatamente, isso porque você não é mais você.
- e você, sou eu?
- talvez.
- eu devo estar louca, estou conversando com você que nem sabe quem realmente é.
- eu sei quem eu sou, eu sou você. E você? ... Ei, estou falando com você... Ei...


(...)

4 comentários:

Thais motta ~ disse...

Ei, volta aqui ! rs

Confuso , mas a pergunta faz todo o sentido :)

Um beijo .

Nola. disse...

difícil é dizer quem é quem![o "conciente" e o inconciente"...]
deu até pra me ver tendo esse tipo de conversa!=x rsrsr..xP
fantástico!:)
;**

Eduarda Ramos disse...

Fazer dum monologo um dialogo, eis o surto...

amazonia disse...

MUITO MEGAL SEU BLOG PARABENS
DE UMA OLHA DA EM MEU SITE DE BALADS E FOTOS
BALADA365.COM